Zeus se torna o Senhor do Olimpo

Liam Neeson como Zeus em Fúria de Titãs

No artigo anterior sobre Mitologia Grega, vimos que o extremamente mulherengo Zeus salvou seus irmãos de Cronos e se preparava para a grande batalha. No artigo de hoje veremos como Zeus se tornou o senhor dos céus e como se deu seu casamento com a deusa Hera, a belíssima rainha dos céus, que teve um dos vestidos de noiva mais lindos que o olimpo já viu.

Mas antes… vimos que com a poção de Métis, Zeus foi capaz de libertar seus irmãos das entranhas de Cronos. O período que se seguiu foi de preparação para a grande batalha que viria a seguir. Cronos, sabendo da ameaça iminente convocou seus irmãos titãs para serem seus aliados. Zeus, por sua vez, teve o apoio dos jovens poderosos irmãos e contou também com a ajuda do poderoso Oceano e seus filhos Crato (a ordem), Zelo (o trabalho) e Nice (a paz). Ao seu lado também estiveram Prometeu e os gigantes de um olho só, que forneceram os raios para Zeus sair vitorioso na batalha.

Se iniciou então a grande batalha dos deuses contra os titãs, batalha terrível que durou 100 longos anos. Depois de muita pancadaria e destruição, os deuses finalmente derrotaram os titãs e os baniram novamente para as profundezas do tártaro. Só que a Mãe-Terra (Gaia) não ficou nada contente com o que fora feito de seus filhos titãs, e, para punir os deuses, enviou contra eles o monstro Tifão. O dragão gicantesco de cem cabeças foi também derrotado por Zeus, e quando a paz finalmente se estabeleceu, os deuses voltaram ao olimpo.

De lá de cima do monte Olimpo, em seu suntuoso palácio, Zeus e os demais deuses decidiram que era hora de por o mundo em ordem novamente. Assim, as tarefas foram divididas e cada deus ficou responsavel por algumas coisas.

Zeus se tornou o senhor do Olimpo e dos céus, Poseidon passou a cuidar dos mares e Hades herdou o reino do centro da Terra, o inferno. Deméter passou a cuidar da terra e seus frutos, e Hera, a adorável e bela noiva de Zeus, se tornou rainha dos céus e protetora dos casamentos.

O casamento de Hera e Zeus

A bela Hera, que lutou bravamenta ao lado de Zeus, foi a escolhida por ele para se tornar sua rainha. Apaixonada e dedicada aceitou o pedido e, depois da vitória dos deuses, um lindo casamento se deu.

Seu vestido era uma delicada túnica bordada por fios de ouro. Foi adornada com brincos, colares e pulseiras de ouro e seus sedosos cabelos foram presos e adornados com o diadema real.
A deusa Íris a presenteou com um delicado véu nas cores do arco-íris. E foi assim, majestosa e bela, que a jovem deusa Hera se apresentou diante de seu noivo Zeus.

Foi o casamento mais lindo que os deuses presenciaram, e foi a celebração do novo período de paz e prosperidade que se iniciava depois da terrível guerra.  Todos festejavam e se alegraram com o anúncio de novos tempos. Ninfas dos bosques cantavam, assim como as oceâniades, as drádes e os demais deuses (uma pena Zeus jamais ter tomado jeito e ter tido inúmeros casos com mulheres mortais e imortais, sendo um verdadeiro teste de paciência e perseverança para Hera… humf, esses homens…).

Stephanides, A Música dos Deuses. Ed. Ediouro
Casamento de Hera e Zeus. Fonte: Stephanides, A Música dos Deuses. Ed. Ediouro

E assim, uma nova era se iniciou na mitologia grega.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *