Meia-Noite em Paris – dica de filme que tem tudo a ver com arte

A cada quinze dias contarei para vocês um pouco da história da arte. Semana passada iniciei esta série com o post sobre a arte da pré-história e na próxima semana falarei sobre a arte da Mesopotâmia.

Enquanto o próximo “capítulo” não chega, fica a dica de um filme super bacana, que muitos já devem ter visto, mas que sempre vale à pena assistir: Meia-Noite em Paris (Midnight in Paris), de Woody Allen, do ano de 2011.

O filme é uma comédia leve e descontraída sobre um escritor americano chamado Gil que viaja a Paris com sua noiva e sogros. Gil é um sonhador incorrigível que adora Paris e deseja se tornar um grande escritor como seus ídolos Ernest Hemingway, F. Scott Fitzerald, Gertrude Stein, etc. Incompreendido por sua noiva, Gil decide fazer um passeio noturno por Paris. Neste passeio, ao dar meia-noite, o escritor é transportado para a Paris de 1920, época que ele considera a melhor de todas. Para ele a década de 20 era a década de ouro. A década de 20 é importantíssima para a arte moderna, como é sabido, e Paris era o grande centro onde tudo acontecia.  Nessas viagens no tempo Gil frequenta varias festas onde conhece inúmeros intelectuais e artistas que frequentavam a cidade da luz naquela época, como seus escritores favoritos, e com eles figuras importantíssimas da história da arte como Picasso e Salvador Dalí.

O filme é simples e ao mesmo tempo mágico e dá pra reconhecer perfeitamente o estilo de Woody Allen de contar uma história. Entretenimento leve e descontraído. Vale a pena ver e rever.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *