Música – 40 anos de Dark Side of the Moon

40-anos-dark-side-of-the-moon
Dark Side of the Moon, um dos mais importantes álbuns de rock do mundo de todos os tempos, completou 40 anos de seu lançamento no último domingo, dia 24 de março. O oitavo álbum de estúdio da banda britânica de rock progressivo Pink Floyd foi lançado em 24 de março de 1973.

O oitavo álbum de estúdio da banda britânica de rock progressivo Pink Floyd foi lançado em 24 de março de 1973.

Ele marcou uma nova fase no som da banda, com letras mais pessoais e contendo alguns dos mais complicados usos dos instrumentos e efeitos sonoros existentes na época, incluindo o som de alguém correndo à volta de um microfone e a gravação de múltiplos relógios a tocar ao mesmo tempo.

Dark side of the Moon foi um grande sucesso na época, e continua sendo aclamado pela crítica e fãs. Foram vendidas mais de 15 milhões de cópias somente nos EUA, e até hoje já foram comercializadas cerca de 50 milhões de cópias mundialmente.

Não é à toa que é considerado um dos mais importantes álbuns de rock de todos os tempos, não é?

Para mim, Dark Side of the Moon tem um significado ainda mais especial. Meu querido pai era grande fã de rock progressivo, então passei praticamente minha infância (adolescência e parte da vida adulta tabém) toda ouvindo Pink Floyd e mais um monte de bandas incríveis de rock progressivo. Não é a toa que rock está nas minhas veias desde que me entendo por gente. E meu pai sempre curtiu demais este álbum que ouviu diversas vezes no volume máximo de seu poderoso sistema de som. A ponto dos vizinhos reclamarem, mandarem cartinha anônima, ou irem bater na minha casa pedindo que ele mandasse o meu irmão baixar o som quando na verdade era ele, aquele militar tão distinto, ouvindo essas “maluquices”. Até hoje alguns vizinhos ainda acham que o culpado das bagunças é meu irmão.

Uma das lembranças mais divertidas que tenho do meu pai, envolve a faixa Time de Dark Side of the Moon. Um dia estava ele ouvindo o som dele no último volume (pra variar) e morávamos em um prédio funcional no primeiro andar. Quando Time começou com aquele monte de relógios tocando ao mesmo tempo, pude ouvir vizinhos desesperados gritando: “Epa! Que é isso! Tão quebrando tudo!! Que horror!!!”. Meu pai só ria. 🙂 Eu e minha mãe já rimos um bocado relembrando essas histórias. Como disse minha mãe, meu pai era um “número”. Saudades, pai. Te amamos!

Mas voltando ao icônico álbum. A capa é simples, mas ao mesmo tempo marcante, e linda. Um prisma. Um simples prisma, lindo, em um fundo preto, e a profusão de cores. Você com certeza já viu um milhão de reproduções e homenagens a esta capa e ela, apesar de simples, é cheia de significados bacanas.

40-anos-dark-side-of-the-moon-cover

Ao entrar no site da banda, somos redirecionados para o hotsite comemorativo do álbum. Lá tem um poster belíssimo que pode ser baixado gratuitamente em três tamanhos diferentes.

40-anos-dark-side-of-the-moon-2

Ouça Dark Side of the Moon. É necessário, absoluto, e não é só porquê todo mundo tá dizendo. Você vai curtir. Rock n’ Roll!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *